Documentação

Documentos para viajar para Marrocos

Marrocos é chamado por muitos como o “prelúdio do paraíso”. A razão é a fabulosa combinação de tradição, cultura, exotismo, progresso e modernidade que a caracterizam. Graças a isso, tornou-se um dos lugares favoritos dos turistas europeus e, a cada ano, adquire maior popularidade internacional.

Um de seus destinos mais famosos em Marrocos é Casablanca. Seu nome nos lembra o clássico do cinema americano de mesmo nome, que é baseado nessa cidade. Mas, além disso, tem um importante valor histórico, pois foi o ponto de encontro onde Theodore Roosevelt e Winston Churchill realizaram a famosa reunião em que concordaram sobre a invasão do “Dia D”.

Além de Casablanca, destacam-se outras cidades maravilhosas como Rabat, a capital do país; Marrakech, Fez, Meknes, Ifrane (a famosa Suíça marroquina) e Chaouen, a cidade azul. Nestas localidades é possível admirar belezas naturais e arquitetônicas em todos os lugares, fazer atividades de aventura, deliciar-se comprando produtos artesanais, doces ou especiarias nos souks e experimentando requintados pratos típicos.

Outra razão pela qual Marrocos é um excelente destino turístico é porque é bastante barato. Tanto hospedagem, transporte e alimentação são acessíveis, permitindo que seu orçamento não seja um empecilho para desfrutar de seu charme.

Quem já teve a oportunidade de visitar Marrocos afirma que neste destino há maravilhas reservadas para todos os gostos. Se você é um amante da aventura, boa comida, esportes, compras, festas, tranquilidade ou espiritualidade, você encontrará lugares atraentes que você vai adorar.

Documentação necessária para entrar em Marrocos

Os requisitos para viajar para Marrocos como turista podem variar dependendo da sua nacionalidade. No entanto, em termos gerais, as autoridades marroquinas exigirão os seguintes documentos:

  • Passaporte legalmente emitido pelo país de origem. A validade mínima permitida varia entre três e seis meses, dependendo do local de origem. Esta informação deve ser consultada no consulado correspondente.
  • Visto de turista, dependendo da nacionalidade do viajante.
  • Bilhete de avião em formato papel ou eletrónico, onde se verificam as datas de ida e volta.
  • Reserva de alojamento ou carta convite.
  • Documentos que comprovem a suficiência de fundos para custear as despesas da estadia.
  • Demonstrar raízes na nação de origem, através de documentos que comprovem os vínculos familiares, acadêmicos, comerciais ou trabalhistas que nela se mantêm.
También puedes leer:  Documentos para viajar ao Brasil

Em relação aos regulamentos aduaneiros, recomendamos entrar no site da Administração Aduaneira e de Impostos Indiretos de Marrocos: https://www.douane.gov.ma/web/guest Lá você pode rever tudo relacionado ao tema.

Não se esqueça de que esses requisitos podem variar dependendo do seu país de origem. Portanto, recomendamos que você verifique com a companhia aérea de sua escolha, quais são os requisitos que estão em vigor na data do seu voo. Assim, você viajará com segurança e evitará transtornos com as autoridades de imigração na chegada.

Requisitos para solicitar o visto de turista comum

Um dos principais passos que você deve tomar antes de prosseguir com o planejamento de sua viagem é saber se você precisa solicitar um visto de turista. Para facilitar este processo, o Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional marroquino publicou uma lista dos países com os quais tem acordos de isenção, à qual pode aceder em: https://www.consulat.ma/en/list-of-countries-whose-nationals-do-not-need-entry-visa-morocco

Se o seu país não participa desses acordos, você deve cumprir o processo de solicitação e obtê-lo, pois, sem visto, você não poderá entrar no Marrocos. Caso você precise, você terá que reunir os seguintes elementos:

  • Formulário de candidatura, disponível em: https://www.consulat.ma/sites/default/files/inline-files/Espagnole-formulaireVisa_0.pdf
  • Duas fotografias recentes, tiradas sobre fundo branco, em que os traços faciais são bem visíveis e cujas medidas são 4 x 3 cm.
  • Passaporte original, validamente emitido, cuja validade exceda o tempo de permanência em Marrocos.
  • Fotocópia das folhas de dados do passaporte.
  • Extratos bancários mais recentes.
  • Reserva de hospedagem. Caso contrário, será aceita uma carta de responsabilidade assinada pela pessoa que será responsável pelo visitante durante a sua estadia.

O custo do procedimento varia de acordo com o tipo de visto de turista solicitado. As tarifas são estabelecidas em Dirham, a moeda oficial do Marrocos, mas serão pagas em moeda local usando a taxa de câmbio atual como referência. Com base nisso, o preço das taxas consulares é o seguinte:

  • O visto de turista para uma entrada por um período de três meses custa 222 dirhams.
  • O visto de turista que permite duas entradas em um período de três meses, tem uma taxa de 330 dirhams.

Depois de ter todos os documentos, você deve solicitar uma consulta no consulado marroquino com jurisdição em seu país. Nesta oportunidade, você terá que apresentá-los e poderá ser entrevistado sobre seu conteúdo e suas intenções de viagem.

También puedes leer:  Documentos para viajar para a África do Sul

Se o visto for aprovado, você terá que ir novamente para retirar o visto. Nessa ocasião, você deverá apresentar a passagem aérea, seguro viagem e comprovante de pagamento das taxas consulares. Em todo o caso, não hesite em contactar o consulado antes de formalizar o seu pedido, de forma a verificar se solicita requisitos adicionais aos que indicamos.

Regras de entrada decretadas devido ao COVID-19

Marrocos é um dos países africanos com maior índice de vacinação contra a COVID-19. No entanto, por precaução e devido à variante Omicron, suas fronteiras estavam fechadas desde o final de novembro de 2021, permitindo apenas a entrada de estrangeiros que viajam para razões essenciais.

Felizmente, a situação melhorou e a partir de 07 de fevereiro de 2022, os turistas podem entrar novamente. No entanto, todos os viajantes devem cumprir os seguintes regulamentos de biossegurança:

  • Certificado de vacinação válido, informando que o passageiro recebeu a orientação completa e decorridos pelo menos 14 dias desde a aplicação da última dose.
  • Teste de PCR negativo, realizado nas 48 horas anteriores ao voo.
  • Preencher e descarregar o Cartão de Saúde do passageiro antes do voo de ida, disponível em formato digital no seguinte link: https://www.onda.ma/form.php Também pode ser obtido no avião ou navio.

Aos passageiros entre os 6 e os 18 anos só será solicitado um teste PCR negativo realizado nas condições que indicamos anteriormente. Crianças menores de 6 anos de idade estão isentas de todos os requisitos de acesso à saúde.

À chegada, os viajantes são submetidos a controlos em câmaras térmicas e são realizados testes de antigénios nos pontos de entrada. Da mesma forma, os testes de PCR são realizados aleatoriamente. Quem testar positivo, sem sintomas ou com quadro leve, deve se isolar em hotel, por conta própria. Se a condição for moderada ou grave, o passageiro será encaminhado para um hospital público ou privado conforme o caso.

Da mesma forma, enquanto estão no aeroporto, os estrangeiros têm que cumprir as regras de distanciamento e uso da máscara. A bagagem será desinfetada com uma substância virucida em vários postos de controle.

Embora as viagens de lazer já sejam permitidas, essa situação pode mudar se o governo marroquino decidir fechar novamente as fronteiras para prevenção. Por esse motivo, recomendamos que você se mantenha atualizado com as notícias que surgem sobre a pandemia. Você pode obter informações no site oficial do Ministério da Saúde aqui: https://www.sante.gov.ma/pages/actualites.aspx?idactu=410

Pablo Oliveira

Blogger com experiência nos aspectos legais e administrativos da gestão de vistos e autorizações de trabalho perante organismos governamentais internacionais.

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Basic information on data protection
ResponsibleMaria Martinez +info...
PurposeGestionar y moderar tus comentarios. +info...
LegitimationConsent of the concerned party. +info...
RecipientsNo data will be transferred to third parties, except legal obligation +info...
RightsAccess, rectify and cancel data, as well as some other rights. +info...
Additional informationYou can read additional and detailed information on data protection on our page privacy policy.

Botão Voltar ao Topo